sábado, 17 de agosto de 2013

Nakuna, Hara-chan




Gênero: comédia romântica
Nº de Episódios: 10
Período de Exibição: 19/01/2013 à 23/03/2013
Música de Abertura: Watashi no Sekai by Kamome Children's Choir
Música de Encerramento: Lyrics by TOKIO

Sinopse:

Echizen-san é uma mulher tímida de 30 e poucos anos que despeja seu estresse diário em um mangá que ela desenha todo dia com se fosse um diário. O personagem principal do seu mangá é o Hara-chan, um homem que reclama da vida para seus amigos em um bar izakaya. Sempre se arrependendo de não poder falar o que pensa e de levar a culpa por tudo — ele é a projeção dos sentimentos mais profundos da Srta Echizen.

Contudo, um dia, o mundo de Hara-chan começa a balançar e ele aprende “o Deus está bravo”... Em uma distorção mágica, Hara-chan se aventura no mundo real para encontrar seu “Deus” e acaba encontrando Echizen-san que é surpreendida por ele, um homem estranho que aparece de repente na frente dela. Irá Echizen-san perceber que ele é na verdade a pessoa que ela desenha nas páginas de seu mangá? Qual será o destino dos dois, quando Hara-chan começar a se apaixonar por seu até então chamado “Deus”...?

Elenco:

Dados retirados do Drama Wiki




Gostei do modo que foi feito a transição do mundo do mangá para o mundo real e do comportamento dos personagens do mangá perante essa nova realidade. Eles só conheciam o que a Echizen-san desenhava, ou seja, praticamente nada porque o cenário era sempre o mesmo bar e as poucas coisas que tinham nele. Eles viraram crianças curiosas que não paravam de fazer perguntas, pois queriam aprender tudo. 

A personalidade da Echizen-san não me agradava no começo. Eu entendo ela desistir de fazer as coisas ou fazer de qualquer jeito por não tem confiança em si mesma, não gosto, mas entendo. Agora, ela aceitar ser repreendida por um acidente que não foi culpa dela é outra história. Por mais que ela seja na dela e não queira arrumar briga, ela não pode deixar isso acontecer.  Ai que entra o Hara-chan pra ajudar a Echizen a ganhar confiança e ser mais feliz. 

Essa é a letra da música que ela faz o Hara-chan cantar no mangá:


“They Win – I give up.
I don’t have the will to fight back.
I’ll just pray that they can all be happy.

I’ll live my life and they can live theirs,
quiet and peaceful.
If all I have in this world is a little place to call home, I’ll be fine.

Is that so strange?
‘Cuz you know, everyone’s different, right?
Right? Right?

So please, don’t concern yourself with me.
I’ll be fine by myself.
So please, don’t concern yourself with me.
Just leave me be.”


Dá pra perceber bem a personalidade dela nessa música.

O Hara-chan é um personagem típico do Nagase Tomoya: cheio de expressões faciais e meio bobão. Sempre prestativo a ajudar seu Deus, a Echizen-san, ele conquista as pessoas pelo seu jeito descontraído e sua ingenuidade, ou seja, tem a personalidade perfeita para ajudar a Echizen.
 
O único personagem que eu não gostei mesmo foi o irmão da Echizen. Ele não consegue parar num emprego e está sempre sem dinheiro. Até ai dá pra aguentar, mas ele rouba as coisas da irmã pra vender e pegar a grana! Ele até se disfarçou pra roubar a bolsa da irmã! O pior é que a Echizen sabe disso e não faz NADA! Que atitude é essa?!?

Gostei do destino que deram para um dos personagens. Foi um jeito legal de prestar homenagem a ele e serviu para criar mais confusões. rsrs

Primeiro drama que vejo com um par romântico bem resolvido e com pé no chão. Ambos são cientes de suas diferenças (ela demora um pouco, mas entende tranquilamente) e de que lugar eles pertencem. O amor deles nunca foi bem entre homem e mulher, e sim platônico onde um sente um carinho enorme pelo outro e sempre quer ver o outro feliz.

Gostei do drama. Ele é bem feito e a história é fechada. É um drama mediano que indico caso seja fã de algum dos atores ou não tenha nada pra ver.
________


Download (legenda em inglês): http://tk0xsubs.livejournal.com/ (precisa fazer parte da comunidade)

2 comentários:

Luh - ルシアナ disse...

então é melhor do q vc esperava?

carlinha_chan disse...

Nem melhor e nem pior, ele correspondeu à minha expectativa.

Achei que o final fosse ser diferente mas gostei da maneira que o drama terminou.

Total de visualizações de página

Postagens populares